Medo

Pisar? Nem sei mais onde.

Caminhar? Não sei com qual finalidade.

Suspirar? Por quem?

Apatia.

Não espero mais nada.

De ninguém.

Nem da vida.

Pro inferno com ela.

Não sei mais.

Fé.

Resgatá-la-ei,

um dia.

Anúncios

2 comentários sobre “Medo

  1. Difícil ficar perdido. =~
    Me lembrou Caio Fernando…

    “Ria de mim mas estou aqui parada, bêbada,
    pateta e ridícula, só porque no meio desse
    lixo todo procuro o verdadeiro amor.
    Cuidado comigo: um dia encontro.”

    Eu amo Caio Fernando Abreu.
    :*

  2. Engraçado.. entrei no seu profile através de uma comunidade na qual resolvi participar e, acabei vindo olhar este seu blog, visto que o link estava exposto no seu próprio profile.
    Para minha supresa.. fiquei ainda mais surpresa de ver como vc escreve bem – aliás, parabéns! – e como é espontânea.. adorei o post “Medo!”, só não entendi se poderia ser exatamente o q vc estava sentindo, afinal, pelo pouco que vi no seu profile (e sem querer xereta), vc pareceu ser aquela pessoa que está sempre rodeada de amigos sinceros e vivendo uma vida muito feliz, aliás é o que vc disse sentir no último post.. e com todo o respeito, vc é mto linda para sequer parecer triste, confusa ou coisas afins.
    Aiiii falei demais… pra variar
    Mas, era isto, era só p/ parabenizar. Gostei das fotos no orkut tbm, principalmente o álbum “criações e criaturas”..
    OBS.: Embora o meu nome seja Adrielle, não sou a garota do comentário acima. =]

Os comentários estão desativados.