Pena

‘ Tu tens de ser mais leve. Tens de deixar a vida se encarregar de seus anseios. ‘

Não acredito que a leveza seja parte integrante do arquétipo de felicidade por nós construído. Todo lapso de sensibilidade, todo sinal de sentimento carrega em si o pesar.
A tonelada de areia ou a tonelada de algodão que emudece a fala de quem realmente tem o que dizer. Não sou leve, não quero ser. A superficialidade é leve… a ausência de profundidade é perigosa.
Não lhe minto ao dizer que acredito em ti, e acredito justamente pelo peso que suas palavras fazem em minhas costas. Espero não tomar seu tempo, e espero não estar arrastando o meu para o mesmo lugar de sempre. Eu conheço, você conhece. Sorte de uns, azar de outros.

Anúncios

Será?

Comigo funciona assim:

No primeiro dia, não estou nem aí. No segundo dia, menos.
O tempo vai passando e tudo que antes era um montinho de nada se torna algo grande.
Grande tipo um urso polar. Grande tipo um urso polar enorme te abraçando calorosamente.
De repente, tudo fica totalmente incompreensível. Incompreensível como uma prova de física
quântica. Incompreensível como dormir sem meias no inverno. É, aí vem o problema. O que fazer? O que falar? Tudo isso é muito cruel. Como entender o que se passa na mente de outra pessoa? Como saber se esta outra pessoa
está really into it? Eu não sei! Sou alguém que precisa de sinais. Precisa de palavras e expressões que
revelem o que é… ou o que não é. Na verdade, I wasn’t born for that. Faço tudo errado.
Só queria um abraço e a frase: ‘ gosto de você assim ‘.

Whatever.