Culpa de quem?

Tô aqui pra dizer que é muito fácil
Apontar o dedo na minha cara
Falar que esse amor só teve falha
Me inundar de tristeza e culpa

Tô aqui pra dizer que é muito fácil
Esquecer seu próprio egoísmo
Jogar seus defeitos num abismo
E fechar a porta sem se despedir

Tô aqui pra dizer que é muito fácil
Não tentar melhorar
Não se importar
E disfarçar sua indecisão

Mas, também tô aqui pra dizer
Que tenho um valor muito grande
Que muitos reconhecem isso
E quem perdeu… foi você.

Pra que buscar recaída,
Reviver o drama
Mexer na ferida?
Por onde se engana o coração
Se encontra a saída pra vida
Tempo de ver que é maldade
Martelar as horas no chão da saudade
Embora agora contradição,
O tempo que pôs essa dor nessa conta
É quem desconta
Passa a te aponta o ponto de
Sorrir mais
Soltar gargalhadas
Deixar pra trás
O que te entristece
Tece teus ais
Rir mais
Soltar gargalhadas
Deixar pra trás
O que te entristece
Tece teus ais

Anúncios