+

Se te faz sofrer, talvez não seja o certo pra você. Mas talvez seja o certo pra você aprender. Mas aprender o que? A gente passa a vida se moldando ao outro, satisfazendo o outro, sendo quem o outro quer que a gente seja. No final das contas, a gente morre sendo outro. A gente não morre sendo a gente. Carregamos pedaços das pessoas com as quais nos relacionamos, mas em essência, o que somos?  Fragmentos daqueles que um dia nos deixaram compõem nossa personalidade… e, bem… isso pode ser uma merda. Acabei me perdendo em um mar de pessoas que não prestam. Acabei distribuindo mais cicatrizes do que palavras doces. Quero me aceitar. Quero me aceitar em paz. Não é preguiça de tentar ser uma pessoa melhor, só eu sei o quanto luto contra quem eu sou. Principalmente porque quem eu sou afasta todas as pessoas que amo. Mas, se pra ter paz é preciso ficar sozinha… que venha a solidão. Não adianta lutar contra: amor, relacionamento e controle andam juntos. Para uns mais, para outros menos. Para mim, mais. Infelizmente.

Imagem

 

Anúncios

Perder, ganhar.

 

Eu vou errar de novo. Acordar com essa certeza não é fácil. As imperfeições deixam tudo mais bonito, mas cometer o mesmo erro over and over again não é legal. Meu cérebro já parou de funcionar faz tempo… além disso, estou ficando cega. Ondas de pura irracionalidade me impedem de enxergar o óbvio: ninguém tem obrigação de nada. A gente só tem vontade. Uma vontade desgraçada e maldita de ser bicho. Nenhum ser racional se destruiria tão rapidamente assim. Mesmo em silêncio, me saboto. Faço questão de manter o drama em minha vida. Dizem que a maturidade vem depois de uns tombos e de uns tapas na cara, mas ó… já tô cheia de hematomas de tanto cair. E até agora nem sinal de amadurecimento. Eu sou isso aí, e o preço que pago por ser tanto é muito. Levo o amor pra longe, mas preciso dele. Levo minhas coisas para onde elas não querem estar. De uma forma ou de outra, a gente acaba fazendo errado. Não tenho propriedades nem quero ser sua dona. Quero ter tudo que te faz feliz pra perder tudo  que te faz minha.