complicou

E a vida vai ficando complicada

Mas ainda gosto quando chove

Lembro daqueles domingos cinzentos

Acordávamos, olhávamos pela janela

Você dizia: vem, vamos dormir mais 

Nos abraçávamos e o mundo podia cair, eu nem ligava

Hoje, acordei e lavei o rosto

Ontem, deixei o coração de molho

Percebi que cinza é minha cor preferida

Admiti que o inverno não tem volta

Os dias viram merda na frente dos meus olhos

Os olhos comem os dias e vomitam meus ossos

Querer sozinho é morrer sem levar tiro

Escrever pra você é sagrado, é suicídio

Nem precisou de faca pra me matar

Nem precisou de flores pra me homenagear

Anúncios