Levando

Essa coisa toda de viver
De ter que chegar
De ter que ganhar
Não é pra mim
Vejo gosto em andar, ralar o joelho
Experimentar
Vejo gosto no desgosto
E acredito em coisas simples
Se você não sujar as mãos
Nunca vai ter do que se orgulhar.

Provas

Os gritos
Desilusões
Brigas dentro dos carros
E arranhões

Provam apenas
Que a vida vive
Que a vida pulsa
E que ainda não morri

O mundo
Está em suas costas
Cansadas
Afetadas

Quanto maior o fardo,
Maior o fardo.
Não é repetição
O fardo só se expande

Tanto para provar
Corre e não sai do lugar
Expectativas do futuro
Expectativas sem querer

A cobrança vem de dentro
O bombardeio vem de fora
Os muros caem em minha cabeça
E a vida…

A vida quer é viver.